Aos professores contemplados preliminarmente no Edital 005/2019, PVE Junior

Aos professores contemplados preliminarmente no Edital 005/2019, PVE Junior

Esta mensagem é para informar-lhe da impossibilidade de procedermos com a implementação junto à CAPES da Bolsa PVE Junior para a qual você foi, em princípio, selecionado nos marcos do Edital 005/2019, lançado em 16/09/2019, do CAPES PRINT UFBA.
 
A razão para isto, infelizmente, foi a negativa da CAPES ao nosso pedido de remanejamento de modalidades de bolsas, na primeira janela estabelecida pela CAPE para tal finalidade, em início de maio de 2020. Naquela oportunidade, solicitamos à CAPES a conversão de bolsas de outras modalidades para a modalidade PVE Junior, de modo a implementar as seleções do referido edital, bem como ampliar a oferta de bolsas PVE Sênior e de Doutorado Sanduiche. O indeferimento da CAPES, em comunicação datada de 29/05, foi assim expresso: 
 
“Informamos que a decisão em relação aos pedidos de transformação para essa janela se pautou na priorização da internacionalização dentro da IES no Brasil, internacionalização em
casa, em detrimento da mobilidade para o exterior.
 
Ressalta-se que a variação cambial teve forte impacto no orçamento das bolsas para o exterior principalmente considerando a cotação adotada na inscrição. Dessa forma, comunicamos que as seguintes solicitações foram indeferidas:
  • 14 bolsa de 6 meses de Jovem Talento com Experiência no Exterior em 22 bolsas de 3 meses de Professor Visitante no Exterior Júnior.
  •   5 bolsas de 6 meses de Jovem Talento com Experiência no Exterior em 7 bolsas de 3 meses de Professor Visitante no Exterior Sênior.
  • 12 bolsas de 15 dias de Professor Visitante no Brasil em 5 bolsas de Professor Visitante no Exterior Júnior.
O Comitê Gestor do CAPES PRINT UFBA reunido em 03 de junho, resolveu apelar à CAPES para viabilizar conversões calculando o dólar a R$6,00, portanto reduzindo o número de bolsas
convertidas, de modo a assegurar a melhor execução do CAPES PRINT UFBA. Ainda assim obtivemos uma resposta desfavorável com a CAPES decidindo, em 16 de junho, que “a Diretoria
usou a mesma regra para todos, nesse sentido, por questão de isonomia, o pedido de transformação foi indeferido.” 
 
Desta maneira, o Comitê Gestor do CAPES PRINT continuará envidando esforços junto à CAPES para uma mudança nesta deliberação, mas não tem autorização para prosseguir com a implementação das referidas bolsas.
 
 
Cordialmente,
Olival Freire Júnior
Presidente do Comitê Gestor CAPES PrInt UFBA

 

Português, Brasil